Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

minha 1º vez

Por: mariana - Categoria: Lesbicas


Essa é apenas a história da minha primeira vez, quero te contar todas as

minhas aventuras.


Tudo começou quando fui passar um final de semana na praia com meu namorado

e um casal amigo do meu namorado que eu não conhecia, chegando lá fiquei

sozinha com meu namorado por meio dia, foi o suficiente para transarmos o

tempo todo ele era um compulsivo, isso me deixava irritada, não podia ficar

sozinhos que ele já queria transar, nem tão bom ele era. Quando o casal

chegou foi apresentada foi super simpática com eles para que eles ficassem a

vontade, mas na verdade fiquei impressionada com a beleza da garota que

tinha apenas 20 aninhos. Realmente a garota me despertara algo que nunca

sentira antes, ou não notara. O tempo foi passando e fomos ficando íntimas

um dia, Michelle saiu do banho, enrolada em uma toalha e eu aproveitei a

oportunidade, assim que ela entrou em seu quarto eu bati na por e ela disse:

entra está aberta, quando entrei ela ia vestir uma calcinha, caramba que

corpo lindo, seios pequenos e durinhos, coxas lindas e com pêlinhos

dourados, e uma bucetinha que mais parecia de uma menina, pequena inchada e

lisinha, isto é bem depilada. Neste dia inevitavelmente a garota notou meu

olhar guloso para seu corpo, e achei que gostou, pois além de não vestir a

peça dizendo que não gostava da mesma, ficou um tempão procurando outra,

permanecendo nua a minha frente, depois que achou a calcinha, virou-se

frente para mim, e vestiu bem devagar, como sabendo o efeito que me

causaria, depois escolheu um vestido, não usava sutiã, como eu, e ao

vesti-lo virou-se costas para mim pedindo para fecha-lo, eu sabia que ela

poderia fazer isto muito bem sozinha, mas me aproximei trêmula e pegando o

fecho, me aproximei o Maximo que pude dela, sentindo seu perfume gostoso,

fiz o que me pediu, não sem antes admirar a suavidade da sua pele. Quando

Michelle se virou para mim, tive uma enorme e grata surpresa, ela girou o

corpo e ficando a pouco centímetro de mim disse, querida, não sei se estou

certa, mas parece que você gostou muito de mim, devo te confessar que desde

o nosso primeiro encontro eu também gostei muito de você, e não foi só

amizade, tem algo diferente no ar, você não acha? Senti o chão fugir dos

meus pés, eu não fora nada discreta, não sabia o que dizer, e quando pensei

que já sabia o que falar não pude pois, Michelle pegando meu rosto com muito

carinho beijou minha boca com muita paixão, a partir daí uma verdadeira

loucura tomou conta de nós, quando me dei conta, a mão da garota subia pela

minha coxa logo chegando a minha buceta, ela sabia das coisas, mais uma vez

beijando minha boca para que não tivesse tempo de reagir, ela introduziu a

mão dentro da minha calcinha e com o dedo começou a acaricia meu clitóris,

que loucura, timidamente eu também levantei seu vestido e levei a mão aquela

buceta tão pequena que me chamara tanto a atenção. Em segundos estávamos na

cama, rapidamente nos livramos das roupas, o corpo da garota, perfumado,

recém saído do banho, eu comecei a mamar seus peitinhos, estes ficaram com

os tiquinhos parecendo pregos de tão duros, ela gemia gostoso na minha

língua, eu nunca fizera aquilo, mas sabia onde uma mulher gosta de ser

tocada, lambida, enquanto mamava seus seios minha mão estava em sua buceta,

agora já bastante [úmida, fui descendo lambendo sua barriga, que pele,

demorei até chegar a bucetinha, gorda, inchada, parecia uma virgem, quando

meti a língua ela abriu as pernas ao Maximo, sua rachinha ficou aberta, como

a boca de uma criança a espera do papá, enfiei a língua, lambi seu grelinho,

ela se contorcia e gemia, ai, ai, que gostoso, vai, não pára, de repente vi

que ela se movimentava na cama, deu um jeito e logo senti algo em minha

buceta, era sua língua, que gostoso, nunca fizera com uma mulher, era

demais,, não demorou muito e fiz pela primeira vez uma mulher gozar, senti

as coxas de Michelle se fecharem em torno do meu rosto e ouvi os seus

gritos, ai amor estou gozando, largou a minha buceta e seu corpo começou a

se curvar parecendo um arco, vi suas coxas totalmente arrepiadas,

intensifiquei os movimentos da minha língua principalmente em seu clit, e

senti na boca toda sua feminilidade. Michelle teve um orgasmo longo, depois

ficou quieta, por alguns minutos, ninguém falava nada, até que eu senti que

ela começara a se mexer, e ai senti mais uma vez sua língua quente em minha

buceta, mostrou que sabia muito bem o que estava fazendo, devido ao alto

grau de tesão que eu estava sentindo logo gozei como uma louca na boca da

minha nova amante, chupa amor chupa gostoso vou gozar, e perdi o senso de

decência e gritei, urrei e gozei loucamente naquela boca gostosa. Depois

ficamos na cama como dois namorados que se amam, prometemos amor eterno e

que não pararíamos mais, em seguida nos vestimos e fomos prepara a janta dos

nossos namorados traídos, Michelle me prometendo mil e uma novidades, pois

apesar de mais velha eu não sabia de nada segundo ela, e era a mais pura

verdade, o que eu aprendi, eu não nós porque Meu namorado também, pois

quando descobriu nosso amor, em vez de fazer um escândalo quis participar, e

participou.


Transar a três é simplesmente uma loucura nunca senti nada parecido mas esta eu contarei para quem me escrever.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario mariana
Por: mariana
Codigo do conto: 47
Votos: 6
Categoria: Lesbicas
Publicado em: 04/05/2002

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - zimhow.top - Todos os direitos reservados


casa do conto eróticocontos eróticos traiçãocontos eróticos bicontos eróticos zoocontos sexo incestocontos eroticos com fotos por categoriacontos eroticos de zoofiliaultimos contos eroticos de incestocasadoacontoscasadocontoseroticoscontos eroticos de medicoscasa dos contos eroticos incestocontos eroticos traiçãocontos eróticos lesbicocontos eroticos selecionados por categoriacontos eroticos com professorascontos eróticos com travesticontosporcategoriacontos eroticos com cachorroscasa dos contos temascasa dos contos gayscontos eróticos ultimoscasadoacontoscontos pornos incertoscasa dos contos lesbicascontos eroticos com a empregadacasados contoscontos pornos com fotosconto erótico categoriacontoincestocasa dos contocontos eroticos de incesto com fotoscasadosontosconto eróticos zoofiliahistorias de sexo incestocasa dos contos gayscasa dos contos gaycasa dos contos eróticos incestocontos eroticos com fotocasa doa contos eroticoscasa dos contos eroticocontos eroticos cdzinhasultimos contos eroticos gayscasadoscomtoscasa dos.contos eróticoscontos eroticos bissexuaiscontos incesto 2016contos sadomasoquistacasados contosconto erotico traiçãocasa dos contos lesbicascontos eroticos bizarrocontos coroascontos eróticos lésbicoscontos eroticos casame comeram no onibuscontoerotico ultimoscontos eróticos de coroascs dos contoscasa dos contos.comcontos eróticos por categoriascasacontoscontos eroticos na infanciacontos eroticos padrescontos gay amigoconto comendo a vizinhacontos de zoofoliacasa dos contos.eroticoscontos eroticos por categoriascontos incesto mae e filhocasa dos contoa eróticoscontos eróticos atuaisconto erotico sadomasoquismosite contos gaycontos eróticos grupalcont erotcontos eroticos 2018contos porno incestocontos incestocasa dos xontos eroticoswww.casadoscontoscasa dos contos eroticos ultimoscasa contos gaycasadoscontis