Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

O sequestro da Ninfeta religiosa

Por: casauser86377 - Categoria: Traicao

Elisa segura a cortina com uma das mãos enquanto a outra acaricia o carocinho de seu grelo rosado. Ela está de pé e sua longa saia está suspensa acima dos seus quadris e sua calcinha está no bolso de seu sodomizador. O anel rosadinho do esfíncter de Elisa parece como lábios rosados apertando a coluna musculosa que lhe penetra o cuzinho suavemente. O dono daquela pica é Bruno, seu professor, de quase cinqüenta anos. Elisa é baby-sitter da netinha de Bruno, a Kelly, que no momento está sendo ninada pela esposa de Bruno no andar de cima. A nora de Bruno, Cátia e o marido, seu filho, foram passar o final de semana fora. Elisa fizera hora extra neste sábado e esperava pelo noivo que vinha apanhá-la para levá-la ao culto da igreja que ambos pertenciam. Bruno lhe lambia e sussurrava sacanagens no ouvidinho daquela belíssima mulata de dezesseis aninhos! - Rebola minha putinha...assim...assim!! Aperta mais teu cuzinho nesta pica que voce adora...mais. Assiiiiim! E Elisa não resistia. Enquanto rebolava, mais se acostumava com o vai e vem daquela grossura que lhe dilatava o cuzinho faminto. Há semanas, desde de seu defloramento anal, no dia de seu noivado, que Elisa vem sendo enrabada sistematicamente por Bruno!! Ele não pode vê-la que lhe vem o desejo de beijar-lhe a boquinha de polpudos lábios rosados. Elisa é parecidíssima com a atriz Isabel Filardis, ainda um pouquinho mais cheinha. Seus lábios, gengivas, mamilos, os grandes lábios da bocetinha e o anus são de uma cor rosada forte que faz um forte contraste com a cor achocolatada . Ela é super admirada por onde passa e quando foi convidada pra ser rainha disso ou daquilo, seus pais, fervorosos evangélicos, a proibiram. -Aii! Bruno. Não faz assim...eu gosto...de levar... sua rola em...meu cu...cuzinho...mas não sou...putinha não! -Sim! Sim!! Você é minha putinha sim!...a putinha da minha ...vida!! A dona do cuzinho mais guloso que eu amo! Elisa vira o máximo que pode a cabeça procurando pelo beijo de Bruno! Sua mãozinha esfrega mais rápido o grelinho e toda extensão dos lábios rosados da xotinha. O orgasmo está se aproximando! Bruno alternadamente segura com ambas as mãos seus quadris, suas coxas e seus seios! Quase chegando ao gozo, ele aperta-lhe os bojos dos seios mais fortemente, encontrando os dois bicos rosados dos mamilos duros como cerejas. Num ligeiro ímpeto sádico Bruno os aperta fortemente, fazendo Elisa dar uma arfada, levantar a cabeça, mordendo o lábio inferior com a dorzinha da tesão! -Coroa gostoso!!- ela exclama - empurra mais...rápido!...Empurra...empurra vai...mais rápido!! Nisso eles ouvem um buzina! Bruno e Elisa ficaram estáticos por um segundo. O noivo de Elisa tinha chegado. Elisa, que estava perto da janela, cautelosamente afasta a cortina até deixar aparecer somente seu belo rosto. Seu noivo lhe acena do carro. Elisa responde ao aceno com um angelical sorriso!! Então ela pede a Bruno que segure a cortina naquela posição sem fechar e ainda fitando seu noivinho, Lenita fala entre dentes para Bruno. -Mete!! Mais...mete mais e mais! AAAAii!! Tudo...mete tudo! Quero ficar dolorida...pra me...lembrar depois! Enquanto ela fala, empina mais a volumosa anca, com ambas as mãos espalmando as bandas de sua própria bundona! Bruno sente seu canhão disparar um enchente de esperma dentro do tubinho anal de Elisa!! Ele segura o seu urro de uma maneira incrível, ao mesmo tempo que todo o frisson e estremecimento de seu corpo balança o seu e o corpo de Elisa pra frente e pra trás, não sabendo ele que está apertando fortemente o mamilão dela, que não se segurando mais goza e goza , friccionando a xotinha e com toda coluna de carne enfiada inteirinha no cuzinho até os bagos de seu coroa machão!!. A cortina é largada e fecha qualquer visão agora dos amantes. O noivo de Elisa apenas pensou que ela se movimentava para vir ao seu encontro. E que belo sorriso ela havia lhe dado!! Bruno, todo avermelhado por conter o berro, agora encosta a boca aberta na nuca de Elisa e solta aos poucos o seu berro triunfal por ter comido o cuzinho daquela deusa adolescente!! Sua rolona ainda pula aos apertos do esfíncter de Eliosa! Ela por uns segundos tinha desfalecido. Esperma se espremem por entre o anel do cuzinho e o corpo da vara de Bruno, escorrendo pelas torneadas coxas abaixo!! -Elisa! Elisa!! Seu noivo chegou!!- grita a mulher de Bruno lá de cima do quarto da bebê Kelly. Descendo as escadas, a balzaquiana ainda vê Elisa se dirigindo ao lavabo e seu marido vendo atentamente televisão. João, o noivo de Elisa, está taciturno enquanto dirige para o culto. Ele a ama desesperadamente, mas seus pais não aprovam o noivado deles. Agora, que seus pais são riquíssimos, graças aos dízimos dos fiés, consideram que Elisa, apesar de ser a mais bela evangélica de todas as igrejas reunidas, não é mais do mesmo nível deles. Elisa já vinha sentindo essa hostilidade por parte da família de João. Ela achava que isso era o castigo divino por estar pecando tão lascivamente com Bruno, fazendo de seu noivo o corninho da hora!! - ... voce entende, né? Minha mãe acha que deveríamos dar um tempo...- dizia João Elisa se sente magoada com a falta hombridade de João. Mesmo assim ainda quer casar com ele. -Me perdoa, meu rei!! Eu prometo que esta foi a última vez! Me perdoa... mas satã me tenta!! Vou agora me purificar em teu reino!! Faça com que João case logo comigo... e nunca mais...nunca mais mesmo...vou dar meu cuzinho...pro Bruno!! Me perdoa...amado deus!!- Elisa reza em silencio. Agora eles estão atravessando uma área pobre, e de repente uma motocicleta com dois homens emparelha ao lado do X-R3 e aponta um revolver para João, ordenando que ele encostasse. João e Elisa entram em panico! O mais alto dos bandidos lhes ameaça esbravejando deixando-os mais assustados!! O mais baixo entra e vai pro banco detrás e ordena. -Segue a moto! Porra!! Rápido! - Eu sou a culpada por tudo isto que está acontecendo!- grita histericamente Elisa. -Cala a porra da boca, sua putinha!! Ao chegarem em um beco ermo, o mais alto se acerca da janela do João e violentamente lhe arranca a carteira e manda que ele tire o relógio. Os dois marginais confabulam enquanto rebuscam a carteira de João e por fim dizem que farão um seqüestro relâmpago!! -Vocês não sabem com quem estão se metendo!!- exclama João juntando toda coragem que restava. -Cala a boca, babaca - o marginal mais alto dá-lhe uma forte coronhada na nuca, fazendo-o desmaiar!! Elisa grita de desespero. O mais baixo tapa sua boca com a mão e lhe diz baixinho mas sadicamente. -Se gritar de novo, corto tua lingua, neguinha!!- dizendo isso, ele enfia dois dedos na boca de Lenita e consegue lhe pegar a língua, puxando-a pra fora, em seguida a chupa com a boca de lábios tão carnudos quanto os de Elisa! Algo começa acontecer no íntimo de Elisa. Talvez a ardencia em seu cuzinho, fazendo-lhe lembrar toda a atmosfera libidinosa de meia hora atrás e o beijo gostoso do meliante, ou mesmo a presença máscula daqueles dois machos!! Sem saber como, Elisa leva sua mão até a nuca do beijador e lhe acaricia os crespos cabelos aloirados. Enquanto isso, o outro bem mais alto, de pele mais escura e corpo muscular esculpido com perfeição, retira o capacete revelando um típico rosto de um negro, de belos dentes alvissimos por trás de uma boca mais carnuda ainda. O que lhe beijava era o que se chama de sarará. Tinha olhos verdíssimos e bem pouca barba. Caso fosse mulher, seria muito bonita. -Ó mané, pega os cartões dela !!- disse o mais alto. O beijo foi desfeito, o meliante estendeu o braço para pegar a bolsa de Elisa, quando ela disse. - Por que ganhar um dinheirinho, se podem ganhar um dinheirão? Eu tenho um plano que podemos ganhar muito dinheiro em cima desse... meu noivo! -...e além disso...vocês me dão tesão!! - continuou Elisa, baixando a mão na coxa do louro sarará, até apalpar sua rola por cima da bermuda!! Enfim, houve ameaças, desconfianças, mas acabaram escutando o plano de Elisa. O grandão se chamava Bené, o outro Rogério, ou Roger. Como dois jovens comuns e saudáveis eles queria comê-la. Elisa concordou como prova de fidelidade dela para com eles, mas disse-lhes que a seu modo! Quando João despertou, se viu amarrado a uma cadeira e de olhos vedados. De algum lugar ele escutava gemidos. -Por favor, pelo amor de deus!! Não a machuquem!! Eu dou o quê vocês quiserem!! Meu pai é muito rico!! Por favor, não façam nada com ela.. e começou a chorar descontroladamente. Meia hora atrás, os dois carregando João e Elisa, chegaram a um pequeno e acanhado apartamento, onde os dois moravam. Colocaram e amarraram João na cadeira e o vendaram, deixando num compartimento que era a cozinha. No que seria a sala, havia um colchão de casal e um de solteiro, um sofá, um frigo-bar, uma mesa de centro e um sofisticado home theater! Elisa estava exultante com tudo aquilo. O rei tinha escutado suas preces! O que seria o fim de um noivado e abandono, agora a faria ficar rica. E ainda por cima ganhara dois namorados interessantíssimos! Enquanto eles estavam amarrando João, ela foi até a sala, trocou o lençol do colchão de casal, se despiu e calmamente esperou pelos seus dois namorados!! Não é necessário descrever a emoção que eles tiveram ao ver aquela deusa sexual de imensos seios com aureolas rosadas! Ela mandou Roger tomar banho enquanto Bene esperava chupando-lhe a xaninha!! Os dois temíveis bandidos obdeceram de olhos fechados!! Elisa afagava a cabeça de Bene entre suas torneadas coxas quando Roger adentrou a sala enxugando o lado da cabeça e já com a piroca dura feito uma lança!! Elisa ao ver melhor a imensa rola de Roger, se espantou. Era um pouco mais clara que o resto do corpo. Devido ao estreito quadril de Roger, sua rola parecia ainda maior. Mesmo assim era bem maior do que seu coroa enrabador. Veias grossas e azuis, parecendo raizes que rodeavam toda aquela imensa coluna de carne e músculo. Elisa começou a gozar com a visão daquela rola do tamanho de seu ante-braço. Roger notou que os olhos de Elisa estavam fixos em sua torona, como que hipnotizada. Aquilo o excitou ainda mais, e pequenas gotas de pre-gozo começaram a pingar do buraquinho de sua avermelhada glande!! Nenhum gesto foi feito e nada foi dito. Roger simplesmente se ajoelhou perto do rosto de Elisa que já estava de boquinha ovaladamente aberta e foi engolindo toda aquela grossura até a metade com os olhos semi-cerrados de pura tesão. -Ah! meu pai, meu rei...faça esse anjo me punir com sua imensa espada!! - pensava Elisa. E num impulso de auto empalamento, Elisa apoiando-se em um cotovelo, levou a outra mão até as nádegas de Roger e o puxou para sí, enterrando o restante de sua picona até o fundo de sua garganta!! Bruno a tinha treinado a fazer isso, ensinando-lhe a controlar os músculo da garganta para evitar a ansia de vomito e a respirar pelo nariz, enquanto sugava o máximo de sumo que poderia extrair da ponta e do corpo do caralho! Depois de alguns segundo quando a pressão ficou realmente insuportável, ela fez Roger deslizar lentamente a imensa e grossa rola pra fora de sua boquinha!! Ao se recuperar, Elisa repetiu todo o procedimento e quando não tinha ainda encostado os bagos no queixinho dela, Roger gozou como se fosse um cavalo!! Aquela explosão de esperma dentro da boca e garganta de Elisa quase a fez gozar também, mas acabou engasgando-a!! Ato reflexo foi a pirocona saltar de dentro da boquinha de Elisa e dar pulos no ar espalhando semem por todos os lados! Alguma coisa respigou em Bene, que reclamou e se dirigiu ao banheiro. Elisa tossiu por uns instantes até recobrar a respiração normal e se deitar completamente de costas, enquanto iniciava uma masturbação. Roger vendo aquilo, avança por entre as pernas dela, na intenção de penetrá-la vaginalmente. -Não! Na bocetinha não!! Quero ir virgem pro altar ...mas posso lhe dar um outro...presentinho!! Lentamente Elisa se torce até ficar de bruços. Os firmes músculos de sua bem torneada bunda dão uma ligeira tremida quando ela se move para deixar sua bundinha bem empinada para o assalto!! Roger se prepara, apalpando sua rola e apontando para aquele solzinho bastante rosado!! Elisa docemente o impede, e como uma professora vai lhe ensinando como deve prepará-la, dalí em diante, para enrabá-la. Quando Bene chega, vê Elisa deitada de bruços, com os olhos semi-cerrados, gemendo feito uma gatinha, uma das mãos por baixo do corpo alcançando a xaninha, a outra espalmanda numa das bandas da bunda puxando-a pro lado para que o rosto de Roger se enfie mais ainda entre o rego das duas nádegas! As pernas de Elisa estão abertas como uma tesoura e Roger entre elas, lhe enfia a lingua no cuzinho enquanto se punheta vigorosamente. Bene cheio de tesão não sabe o que fazer. Por fim prefere não atrapalhar e aproveita a cena para se masturbar, tendo ele uma rola tão enorme quanto Roger!! (continua)

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario casauser86377
Por: casauser86377
Codigo do conto: 4227
Votos: 0
Categoria: Traicao
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - zimhow.top - Todos os direitos reservados

Online porn video at mobile phone


casa dos contis eroticoscontos de sexo entre irmaoscontos eroticos cdzinhacontos eróticos mãe e filhocasa dos contos erticosconto erotico traiçaocasa dos contoa eroticoscontos de travesticonto erótico de incestocontos eroticos coroascasa dos contos eroticos gaysconto comendo a vizinhacontos eroticos selecionadoscontos eroticos categoriascasadoscontoacontos eroricos casacasadoscontiscontos eroticos de exibicionismoconto crossdressercassdoscontoscassdoscontoscontos eroticos cornocassdoscontoscontos de sadocontos eróticos de incesto com fotoscasadosxontoscasa dos contis eroticosminha filha me seduziuultimos contos eroticoscontos eróticos bissexuaisesposa contoscasadosxontoscontos eróticoscasadoscontoacasa dos contos etoticoscasa dos conto eróticocasa conto eróticocasa dos contos ercasa dos contos eróticos incestocasadoscotoscontos zofiliacontos por categoriascontos eróticos gay ultimossites de contos eróticoscontos eróticos comi minha sograconto swingcontoseroticosincestocontoseroticos com fototravestis contosconto erótico incestocontos eróticos gay ultimoscontos de menagecontos eróticos de incestocontos eróticos bicasados contos eroticoscontos eroticos atuaiscasa dos conto eroticocontos eroticos de crossdressercontos zoofiliacasa dos contos.comingenua contoscasadoscontos eróticoscasa dos contos eroticos comconto erótico lésbicacasa dos contos ercontos zofiliaconto erótico de incestowww casadoscontosincesto casa dos contosincesto mae e filho contosultimos contos eróticoscontos eróticos com imagenscontos eróticos insetoscasadocontoseroticoscontos eroticos de zooconto erótico lésbicocontos eroticos de cornoscasa dos contoa eróticoscontos comendo a irmacontoseroticos recenteshistorias de insestoconto erotico cornocontos erotico zoofilia