Esqueceu a sua senha? Clique Aqui

Principal Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco
Categorias Ultimos Contos Melhores Enviar Contos Painel Cadastro Fale conosco Login

Comi minha prima de 13

Por: tatu-apu - Categoria: Incesto

Tenho uma prima que vou chamar de Silvia, toda vez que me via corria me abraçava, pulava em meu colo as vezes ficava até constragido, não sei se ela fazia de propósito ou sem nenhuma intenção, só sei que aquilo mexia comigo. Certo dia minha mãe pediu para eu ir buscar uma encomenda na casa de Silvia, toquei a campainha e para minha surpresa quem atendeu foi a Silvia somente com uma blusa que mau cobria sua calcinha, novamente me abraçou e pulou em meu colo, eu disse que tinha ido buscar a encomenda, só que ela disse que era com a sua mãe e ela não estava, pediu para mim esperar na sala pois ela tinha que tomar banho, aquilo logo me deu o maior tesão e mexeu com minha cabeça, esperei ela entrar no banheiro e fui até seu quarto tentando preparar um jeito para eu poder olha-la nua, vi que tinha uma cortina na janela a qual deixei um pouco aberta e fui para o quintal esperar ela sair do banheiro, não demorou muito para ela tomar banho pois parece que estava com pressa, entrou no quarto de toalha e logo foi tirando, nessa altura eu ja estava batendo uma bela de uma punheta, a minha ansiedade era tanta que acabei derrubando um vaso que estava na janela, foi o suficiente para ela se assustar virar rapidamente e me pegar no flagra sai correndo para a sala e logo ela apareceu muito braba dizendo que ia contar tudo para a minha tia, não pensei duas vezes me levantei com raiva agarrei-a com força e disse que já que ela ia contar eu iria dar mais motivos para isso, arranquei sua toalha e pude ver aquele corpo de ninfeta, uma coisa linda, biquinho de seus peitinhos bem rosados, a bucetinha bem cabeludinha daquelas que menina nova ainda não sabe raspar, a levei para o sofá da sala pois lá podia escutar se alguém chegasse, ela muito assustada chorava e me pedia para parar o que me dava mais tesão, fui caindo logo de boca naquela bucetinha linda e bem cheirozinha ela se contorcia toda cheguei até a pensar que estava gostando, mas foi só eu dar uma relaxada e ela tentou correr, lhe dei um tapa e disse que se ela tentasse correr novamente iria lhe bater com mais força, deitei por cima dela, nessa altura do campeonato meu pau ja estava fora da bermuda, encostei o pau bem de leve na entrada de sua bucetinha e comecei a forçar a entrada, ela chorava dizendo que estava doendo e me pergutando porque estava fazendo aquilo, não respondei nada pois o tesão era mais forte, continuei empurrando e pude sentir o quanto era apertado meu pau chegava a doer, tirei o pouco que estava dentro dei uma cuspida na cabeça e coloquei de novo desta vez com mais força e pude sentir o rompimento de seu cabacinho, deixei o pau dentro um pouco e depois comecei o movimento de vai e vem nessa hora pude raparar que ela já não chorava mais estava de olhos fechados e mordendo os lábios o que novamente me fez pensar que estava gostando, continuei com os movimentos o que logo me levou a um gozo muito forte o que fez atolar aquela linda bucetinha com um monte de porra quente, esperei amolecer bem o pau para poder tirar e pude ver um pouco de sangue, ela parecia estar desmaiada, dei um tapinha em seu rosto ela abriu o olho me olhou com um olhar de raiva levantou-se e foi para o banheiro, antes dela entrar disse que se contasse aquilo para alguém iria se arrepender, fui embora sem encomenda nenhuma e no dia seguinte ao voltar lá para pegar a maldita encomenda minha tia me atendeu muito bem, perguntei pela Silvia e ela disse que ela tinha saido, aquilo foi o suficiente para perceber que ela não sabia de nada. Outro dia conto como fiz para comer seu cuzinho. Se alguma mocinha quiser passar por esta experiencia so me passar um E-MAIL moro em Santarém - Pará.

Comentarios
Seja o primeiro a fazer um comentario nesse conto.
Comente esse conto abaixo

(Numero maximo de caracteres: 400) Você tem caracteres restantes.

Desejo registrar meu voto junto com o meu comentario:


Ficha do conto

foto avatar usuario tatu-apu
Por: tatu-apu
Codigo do conto: 2011
Votos: 2
Categoria: Incesto
Publicado em: 12/08/2014

×

OPS! Para votar nesse conto voce precisa efetuar o login

Mais contos desse usuario

Comi minha prima de 13 - parte 2


Este site contém contos eroticos, fotos e videos destinados exclusivamente ao público adulto.
Ao acessá-lo, você declara que tem no mínimo 18 anos de idade e que no país onde você esta acessando esse conteúdo não é proibido.
© 2005-2019 - zimhow.top - Todos os direitos reservados

Online porn video at mobile phone


conto erotico com cavaloconto erotico incestocasas dos contos eroticosconto erotico estrupadaconto de incestocontos ericontoseroticos incestozoofilia contos eróticoscasa dos contos eriticosultimos contos de incestoscontos eróticos atualizadosconto traicaocontos de feminização forçadacasa dos contos eroricoswww.casa dos contos eroticosconto erotico bicontos eróticos zoofiliacontos eróticos de swingcontos eroticos de insestocasados contoscasa doscontos eróticoscasadoscontos.comcontos eroticos de zoofiliawww casadoscontos comcontos eroticos lésbicascontos eroticos de cornoscontos reais incestocontos casacasa dos.contos eróticoscontos eroticos de professorascontos ericasa dos contos eriticosconto erotico lesbicacasa dos contos estuproconto erotico ultimosinsesto contoslesbicas casa dos contos eroticosconto zoofiliacasa dos contos erotcontos incestoconto erótico lésbicacontos e fetichescontos eróticos negaocontos eroticos com professorascasa dos contoconto erotico traicaorelatos de cornoconto cuckoldcass dos contoscasa dos contos eroticos comconto comendo a vizinhaconto comendo a vizinhacasa dos contos erticoscasacontoeroticocontos gay com fotoscontos eroticos separadossites de contos eroticoscasacontoseroticoscontos eróticos insetoscontos eróticos gay com fotoscontos comendo a irmaconto bissexualcontos eroticos traicaocasados contos eróticoscontoseroticoswww casadoscontos comcasa do conto eróticocontos zofiliacontos de sadomasoquismozoofilia contos